Tipos de yoga: Conheça a diferença e os seus benefícios

Nos últimos anos a prática de Yoga e os seus benefícios ficaram muito conhecidas, mas ainda é comum encontrar opiniões distorcidas sobre quem deve ou pode praticar.  Alguns pensam que é apenas para mulheres, outros apenas para pessoas flexíveis, outros ainda que é uma prática estática e chata ou adequada apenas para quem é magra. A verdade não está em nenhuma dessas definições! Se você tem a capacidade de respirar, também tem a capacidade de praticar yoga. Parece estranho, mas é assim: cada um de nós já nasceu com a semente do yoga plantada, cabe a nós deixá-lo brotar.

Originalmente, a árvore do yoga incluía apenas um ramo, mas com o tempo os estilos de yoga aumentaram, assim como as necessidades do homem. Antes de escolher o tipo de yoga é importante entender as suas próprias necessidades e objetivos, de modo a reconhecer a prática de yoga mais adequada. Pessoas mais conectadas ao esporte ou atividade física, tendem a optar por um estilo de yoga mais dinâmico e centrado na flexibilidade. Para as pessoas mais espirituais, em aulas de yoga focada em meditação e em menos atividade.

Anusara Yoga

O termo sânscrito anusara significa ” fluir com o coração “, ” usar o coração ” e, por esse motivo, as aulas são muito intensas do ponto de vista espiritual. Este tipo de yoga (criado por  John Friend  em 1977) combina o aspecto físico com o aspecto espiritual e convida o aluno a ouvir seu coração e sua felicidade durante toda a prática. Existem três pontos principais desse estilo:

  • Alinhamento – Cada posição é feita com extrema atenção, verificando o alinhamento de cada parte do corpo.
  • Ação – Cada asana é uma expressão do seu coração e, como tal, deve ser sentida e percebida em todas as suas formas.
  • Atitude – O despertar e o reconhecimento do seu verdadeiro ser.

Ashtanga Yoga

Pattabhi Jois foi o fundador desta antiga prática de yoga. É um estilo muito rigoroso com certas sequências pré-estabelecidas e também é conhecido pelas posições sempre executadas na mesma ordem e intercaladas com uma pequena sequência dinâmica chamada Vinyasa. Durante uma aula de Ashtanga, o alinhamento não é fundamental, mas a energia que flui entre a respiração e o movimento. É recomendado para quem quer suar e precisa de prática intensa que aqueça e tonifique o corpo todo.

Bikram Yoga

Por falar em aquecimento, o estilo Bikram é feito em salas aquecidas a 38 graus celsius. Foi patenteado por um indiano chamado Bikram Chudhury, com o objetivo de recriar o ambiente indiano em um único quarto. É necessário ter um tapete antiderrapante resistente ao suor, as posições executadas serão sempre 26 e sempre as mesmas. Você pode estar se perguntando se Hot Yoga é o mesmo que Bikram: a resposta é “quase”. O Hot Yoga não possui uma sequência predeterminada de 26 posições, mas fornece o mesmo aquecimento da sala.

Hatha Yoga

O termo Hatha Yoga refere-se à base na qual todos os estilos de yoga foram construídos em sucessão. É o tipo de yoga mais tradicional, é dada atenção às várias posições e à maneira de obtê-las, respeitando os limites do seu corpo. O nome Hatha significa sol e lua: a prática do hatha yoga tenta restaurar, através das posições, o equilíbrio do sol e da lua no corpo de cada indivíduo, a fim de se sentir completo e equilibrado.

Iyengar Yoga

A prática do Iyengar Yoga deve suas origens a um dos yogues mais importantes: BKS Iyengar. A atenção durante a prática visa alinhar posições e manter cada postura por um longo período de tempo, a fim de obter todos os benefícios . Para permitir que cada praticante possa se apoiar confortavelmente em um asana, são fornecidas ferramentas como: tijolos, cintos, almofadas, cordas, pequenos bancos e cadeiras. Esses acessórios ajudam a entrar na posição confortavelmente, quaisquer que sejam suas condições físicas. A dificuldade não está no movimento, mas na estática: manter-se nas posições por um longo tempo requer intenso esforço físico. É ótimo para quem se preocupa com a perfeição e gosta de práticas estáticas e intensas.

Vinyasa Flow Yoga

Já falamos sobre isso no parágrafo Ashtanga Yoga, vinyasa significa “fluxo”, movimento. As aulas de vinyasa flow yoga são caracterizadas por um movimento incessante, sequências harmônicas e dinâmica de asanas acompanhadas por respiração sincronizada. Esse fluxo de energia permite que o praticante experimentem a arte do fluxo e sintam sua energia se espalhar harmoniosamente por todo o corpo. A principal diferença com o ashtanga yoga é que o Vinyasa Flow não possui sequências pré-estabelecidas. Você vai gostar se for do tipo atlético e esportivo.

Kundalini Yoga

Este tipo de yoga foi concebido por Yogi Bhajan com o objetivo de purificar e melhorar a vida de todos os adeptos. As aulas de Kundalini são caracterizadas por asanas, pranayamas (técnicas de respiração ), mantras e meditações . Aqueles que praticam esse tipo de yoga visam despertar a energia localizada na base da coluna vertebral (muladhara chakra), onde a Kundalini está escondida

Se você está no começo, é normal se sentir um pouco confuso, sugerimos que tente o que parece mais próximo de suas necessidades ou estilo de vida, sempre respeitando os limites e ouvindo seu corpo.