Yoga em casa: É possível praticar sozinho

Você acabou de começar a praticar em sala de aula e agora gostaria de começar a fazer yoga em casa? Você quer começar sua prática pessoal com segurança e sem se machucar? A verdade é que fazer yoga em casa é muito importante para melhorar a prática. Quanto mais a sua prática se tornar um hábito, melhor serão os resultados.

Ir às aulas semanalmente é muito importante para entender como executar os asanas corretamente, como construir as sequências das posturas e saber quais erros evitar para não se machucar.  Além de trazer segurança para começar a praticar sozinha.

Porque começar a praticar yoga em casa

É muito comum para quem está começando a praticar yoga sentir alguns medos e inseguranças. Inicialmente o medo de se machucar, de realizar as posições incorretamente, ou de não dominar a sequência das posturas inibe a vontade de praticar sozinha. Mas separamos alguns motivos e benefícios pelos quais você deve começar:

Para se conhecer  melhor

É apenas a prática pessoal que permite que você sinta seu corpo, pratique em seu próprio ritmo, pelo tempo que quiser e relaxe nos asanas. Não é fácil no início, mas ser autodidata permitirá que você desenvolva um conhecimento profundo de si mesmo.

Auto evolução

Algumas pessoas começam a fazer yoga para aliviar alguma dor crônica, ou reduzir o estresse, ou para melhorar o condicionamento físico. Seja qual for o motivo, se você se limitar a fazer yoga apenas nas aulas de vez em quando, levará muito mais tempo para se sentir melhor.

Praticar yoga em casa diariamente é uma verdadeira ajuda que você estará dando a si mesmo para melhorar sua vida e aprofundar os benefícios do yoga. Além de permitir que o seu corpo e mente se acostumem a tudo o que você está fazendo muito mais rápido como novas posições de yoga.

Dicas de como começar

cuidados-tapete-primera-vezÉ importante começar a fazer yoga em casa, mas também é essencial fazê-lo corretamente, caso contrário você corre o risco de se acostumar a fazer uma prática errada e continuar cometendo os mesmos erros por muito mais tempo.
Aqui estão algumas dicas para ajudar a praticar corretamente:

Compre um tapete de yoga de boa qualidade

O tapete é o primeiro acessório a comprar ao iniciar a yoga. Isso porque se você não tiver um tapete de yoga pode acontecer de você precisar usar um disponível no estúdio e muitas vezes aqueles que são disponibilizados para novos praticantes não são os melhores. Também se não tiver, não poderá praticar em casa, mas apenas na aula.

Outro aspecto a considerar é que se o tapete não for de boa qualidade, certamente assim que começar a suar começará a escorregar, trazendo instabilidade durante a prática e riscos de lesões. Por isso é aconselhável procurar um tapete de yoga de qualidade e fazer um investimento inicial para começar da melhor forma. Poder praticar em casa e acima de tudo evitar lesões.

Pratique com professores de yoga

Se você nunca praticou yoga ou pratica há muito pouco tempo, a melhor opção a fazer é ir ter um professor de Yoga. Só um professor pode te corrigir e apontar se você está errando nos alinhamentos. Além de recomendar os melhores asanas caso tenha algum problema específico. Mostrar como não se machucar e como usar os acessórios de yoga para ajustar as posições.

O mais recomendado é ir à aula pelo menos algumas vezes por semana para se aprimorar e praticar em casa sempre que puder. Se você começar totalmente autodidata pode acontecer de não reconhecer certos erros e continuar cometendo-os por muito tempo. Melhor evitar, certo?

Escolha o tipo de yoga ideal para você

Os tipos de yoga que agora podem ser praticados são realmente muitos e, escolher qual praticar pode ser um pouco confuso. Existem realmente todos os tipos de yoga, do mais estático ao mais animado, do mais meditativo ao mais físico e do mais moderno ao mais tradicional.

É importante também levar em consideração o seu estilo de vida, deste modo os benefícios com a prática serão maiores. Se você está praticando um estilo que é muito lento ou muito dinâmico para você, poderá acabar desistindo da prática. 

Esteja sempre acompanha de livros

Uma boa companhia para todo os praticantes são os livros de yoga. Eles permitem aprofundar e aprimorar o que já está fazendo, existem livros de prática, de filosofia, de respiração, para iniciantes, para os mais experientes, de nutrição, de anatomia, textos terapêuticos, enfim, muitas opções para melhorar a sua prática em casa, dentro e fora do seu tapetinho de yoga.

Yoga em casa, como começar a praticar

yoga-em-casa-2-yogateria

Se você começou a praticar yoga recentemente, talvez se sinta um pouco desorientada em como começar a praticar em casa, mas não se preocupe! Lembre-se que é algo que você está fazendo pela primeira vez e, como acontece com todas as coisas novas, é normal que demore um pouco para se acostumar.

As dicas abaixo irão permitir que você inicie e continue sua prática em casa da melhor maneira possível. Transformarão o sua yoga em um hábito maravilhoso do qual você nunca poderá desistir.

Comece gradativamente

Tenha cuidado para não ultrapassar o limite do seu corpo. Comece com 20 minutos por dia, e então aumente gradualmente a duração da prática e a dificuldade das posições ao longo do tempo. Desta forma, você evitará que se sinta cansada ou que se machuque.

Lembre-se: “Se a prática de hoje prejudica a prática de amanhã, significa que é uma prática errada.

Ouça o seu corpo

A beleza de praticar em casa é que você pode decidir como praticar. É muito importante ouvir o seu corpo e identificar o que ele precisa naquele momento. Este aspecto é um dos mais importantes da prática, pois o observando atentamente você obterá os benefícios do yoga e evitará lesões.
Separamos algumas dicas de como adaptar a prática de acordo com sua rotina:

  • Se você fica sentada a maior parte do seu dia, escolha uma prática que prevaleça posições de yoga em pé, para fortalecer as pernas;
  • Se a sua rotina é mais ativa, escolha fazer principalmente posições no solo e asanas que permitam relaxar o corpo e as pernas;
  • Se você prática pela ma hã, faça um tipo de yoga mais revigorante, mas se prefere praticar à noite, escolha uma mais relaxante.

Esses são simples exemplos que mostram como adaptar a prática em casa dependendo de como se sente naquele momento. Talvez leve algum tempo tanto para aprender a ouvir o corpo quanto para modificar a prática de acordo com as diferentes situações, mas tudo virá com o tempo.