O poder dos mantras

O que é mantra?

Mantra é uma palavra em sânscrito, que por sua vez é uma língua falada antigamente na Índia. O sânscrito é um conjunto de sons que expressam a energia das coisas às quais se nomeia, as palavras em sânscrito portanto, produzem a vibração energética daquilo à que elas se referem. Por isso, ao falar sobre as palavras dessa origem, é comum encontrar diversas traduções diferentes para o mesmo termo, o que não quer dizer que uma seja mais correta que outra. Essa variação acontece apenas porque é difícil precisar na linguagem do mundo moderno, uma vibração de energia. Seria limitar muito a amplitude de significados e de conhecimento que a palavra em sânscrito oferece.

Todo som tem uma vibração. Assim como a ciência ensina, cada som produz ondas vibratórias de amplitudes diferentes, e essas ondas são captadas através do sistema auditivo e enviadas ao cérebro, que irá decodificar e processar essa informação. O resultado dessa leitura que o cérebro faz será enviada para todo o nosso corpo, que termina produzindo uma resposta física a esse estímulo.

Todos os dias o cérebro de cada pessoa é bombardeado de informações que chegam através da interação com o mundo, e os sons são uma componente significativa desse conjunto de informações recebidas. Cada uma dessas interações sonoras, provocam reações no corpo e na mente do indivíduo. Por exemplo, é fácil perceber as reações que são produzidas pelo corpo ao estar imerso em sons como de um engarrafamento, com muitos carros buzinando, pessoas gritando, reclamando… em geral o corpo traduz o estímulo desses sons como tensão, irritação e estresse. Da mesma maneira acontece quando os sons ao redor da pessoa são sons como de cachoeira, de pássaros cantando, de música leve… o que acontece como resultado desse estímulo no corpo geralmente é de relaxamento, contentamento e tranquilidade.

Desta forma, fica mais fácil perceber o efeito de como os mantras, que são também vibrações, atuam no corpo de cada pessoa. Contudo, é importante entender também que tipo de vibrações energéticas esses mantras produzem. Isso é possível de conhecer partindo da formação da palavra mantra.

Significados dos mantras

Umas das possíveis compreensões do termo é a de que a raiz man significa mente e a terminação tra, significa instrumento, sabedoria… ou seja, os mantras são instrumentos para se ter um pensamento, ou uma mente mais sábia, ou mesmo, são como instrumentos para proteger a mente. Eles aparecem como registros nos vedas, que são uma coletânea de livros sagrados indianos, datados de aproximadamente 5 mil anos atrás. Essas escrituras contém uma compilação de mais de 4 mil sutras, que é outra palavra em sânscrito que significa conhecimento. E é desses sutras que foram extraídos os mantras, que são relacionados a ondas vibracionais capazes de causar no indivíduo que os repete, respostas físicas relacionadas à compaixão, amor, gratidão, etc.

No conhecimento védico, pronunciar diversas vezes esses mantras é uma forma de entrar na mesma energia vibracional que eles produzem, e com isso, abrir a mente e o coração para os planos superiores. Os mantras, portanto, não são entendidos como uma criação humana, mas segundo os vedas eles são um conhecimento recebido por mestres em estado de conexão profunda com o plano mais elevado de existência, o Ser.

Existem milhares de mantras e cada um traz um significado diferente. Mais uma vez, o significado que eles apresentam, pouco tem de relação com uma tradução literária para qualquer língua conhecida na modernidade. Sua compreensão se dá em um nível muito sutil, que não consegue ser expressado em palavras, mas sim através de uma conexão direta com o coração.

Para que servem os mantras?

Se os mantras têm um poder tão grande de influenciar a mente e a energia de cada pessoa, isso já deixa uma dica de para que servem e como são usados os mantras. Seu principal uso é de elevar o nível de consciência da pessoa que entoa o mantra e também a energia do ambiente onde é utilizado.
É muito comum por exemplo que os mantras sejam utilizados para a prática de meditação, pois se eles têm uma influência sobre a qualidade da mente, pois ele também ajuda a atingir estados de meditação mais profundos.
Estudos produzidos por neurocientistas apontam que os mantras conseguem ajudar a mente a reduzir os pensamentos repetitivos que ficam o tempo todo em segundo plano na mente e também a acalmar o sistema nervoso. Alguns estudos demonstram ainda resultados na redução de distrações na mente, o que produz para o indivíduo que utiliza constantemente os mantras, uma mente com mais foco.

Quais são os benefícios do uso dos mantras?

mantra-yogateria3Incluir os mantras na rotina diária traz inúmeros benefícios. Eles ajudam a controlar a ansiedade, a acalmar a mente e trazer mais foco, concentração, auxiliam também no aumento da capacidade de processamento do cérebro, trazem maior equilíbrio emocional, melhoram a respiração, dentre outros benefícios.

É claro que esses resultados vêm com a prática e a repetição dessas palavras tão poderosas. Então se recomenda que os mantras sejam utilizados diariamente, repetindo-se por algum tempo durante o dia, para que se possa efetivamente conectar com a vibração de energia que eles produzem.

Outro benefício conhecido dos mantras está na sua conexão com os chakras do corpo. Os principais chakras estão localizados desde a base da coluna até o topo da cabeça. Esses chakras são como centros de energia e que ao receberem a influência dos sons dos mantras, reagem de forma positiva, acionando energias internas e reativando o equilíbrio energético da pessoa. Um dos chakras mais conhecidos e que produz um efeito bastante poderoso para o equilíbrio dos chakras é o OM.

O poder do mantra OM no yoga

Esse talvez seja um dos mantras mais conhecidos, porque está conectado de forma muito profunda com absolutamente tudo no universo. E é exatamente isso que o OM significa. Esse mantra é considerado o som primordial do universo, o som da criação. Acredita-se que antes da criação da matéria, existia apenas esse som, e ainda hoje é possível perceber a sua vibração. Ao fechar os olhos, acalmar a mente e apenas ouvir, é possível identificar que tudo que está no entorno de alguma forma produz o som OM. Por isso é que esse mantra é considerado tão poderoso, pois sua vibração tem o poder de reconectar com a vibração original do universo, com o surgimento de tudo.

O mantra OM contém três sons: o da letra A, o da letra U e da letra M. O A e o U se juntam formando o som do O, e o M é pronunciado com a boca fechada, apenas com a vibração desta letra. Sendo assim, ao se entoar o OM, se utiliza dois terços do tempo para o som do O (A e U juntos) e um terço para a letra M. Cada uma dessas vibrações se conecta com diferentes energias presentes no universo, sendo elas a energia da criação, da manutenção e da transformação. Essas são as energias necessárias para a vida, são as energias presentes em todos os seres, em toda a existência.

O mantra OM pode ser entoado por qualquer pessoa, e ele produz um profundo efeito calmante sobre o sistema nervoso, não é por acaso que ele é muito utilizado antes de meditações e das práticas de yoga. Ao praticar yoga a pessoa entra em um estado de conexão física e mental consigo mesma, e entoando o mantra OM antes de iniciar essa prática, ajuda com que esta conexão se estabeleça de forma mais rápida e que os benefícios da prática do yoga sejam sentidos de forma mais potente e duradoura.

Portanto, para quem busca no yoga um meio de relaxamento, de reconexão, de aumento de energia, melhoria da condição de saúde mental e física, incorporar os mantras como parte dessa rotina é uma excelente escolha. Seja apenas entoando o OM algumas vezes antes da prática, ou mesmo buscando outros mantras e conhecendo um pouco mais desse universo, o resultado será sempre uma melhor qualidade da mente e com isso, uma vida mais leve e feliz.

Om Namah Shivaya: o mantra mais poderoso

mantra-shiva-yogateria

Este mantra é considerado um dos mantras mais poderosos no conhecimento védico. É um mantra que em seu significado expressa uma reverência à Shiva, um despertar perante o divino ser interior que existe dentro de cada pessoa, e que Shiva representa. Shiva representa também a fonte de sabedoria e de conhecimento absoluto, que purifica e traz como resultado, o autoconhecimento.

Seu significa, portanto, diz: “eu invoco, honro e me curvo ao meu Ser interior”. Como esse Deus, no conhecimento védico, é ligado à compreensão de algo supremo e transformador, os resultados de se entoar esse mantra, trazem essa energia de transformação, de renovação. O que se pode observar na prática do mantra Om Namah Shivaya é uma influência em todo o corpo, mudando o seu sistema e fazendo com que sejam produzidas vibrações de paz, de amor e de harmonia.

Seu poder tem um impacto tanto no aspecto físico do individuo, como também no mental, emocional e espiritual e é capaz mudar as ondas de vibrações pessoais. Com isso, a prática de entoar esse mantra repetidamente traz como benefícios a conexão com seu Eu divino, a purificação, acalma as agitações da mente, traz equilíbrio espiritual, auxilia a atingir o estado meditativo, equilibra as emoções entre outros inúmeros benefícios.

É por esta razão que o mantra Om Namah Shivaya é considerado um dos mais poderosos e mais utilizados por milênios na filosofia védica. Shiva tem o poder de destruir, mas ao mesmo tempo a destruição que Shiva causa, é a base para a criação de algo novo, maior, mais puro e mais poderoso. O mantra para Shiva é capaz de ajudar a trazer essa clareza e conhecimento necessários para que se tenha uma elevação na sua energia e na sua vibração pessoal.

Mantra para remoção de obstáculos e atração de prosperidade

Om Gam Ganapataye Namaha, este é o mantra para Ganesha, o primeiro filho de Shiva e Parvati. Este Deus, no conhecimento védico é o Deus da sabedoria, responsável pela remoção de todos os obstáculos de ordem material e espiritual na vida de uma pessoa, o que faz com que também seja cultuado por abrir caminhos para trazer a prosperidade. A representação de Ganesha é a de um corpo humano com a cabeça de elefante e sua imagem está associada à comunicação, à inteligência, à força intelectual.

O significado do mantra Om Gam Ganapataye Namaha está ligado à uma atitude de conexão com a divindade e uma exaltação àquele que é o removedor de obstáculos, o Senhor das Tropas Ganapati (um dos nomes atribuídos à Ganesha), que ao remover esses obstáculos, atrai a abundância.

Os rituais que são utilizados no conhecimento védico, começam em geral a partir de Ganesha, uma vez que ao remover os obstáculos de ignorância, é possível abrir o caminho para que o conhecimento divino seja absorvido por todos. Ele está ligado ao chakra da raiz, ao elemento terra, para fazer lembrar que para a elevação espiritual acontecer, é preciso antes se conectar com a raiz, com a base onde se vive e assim ter a oportunidade de aprender e evoluir para o Ser.

Muitos benefícios são atribuídos a esse mantra, como por exemplo: eliminar energia negativa após alguma discussão ou situação ruim, ajuda a encontrar caminhos melhores quando sente que a vida está bloqueada, aumenta a motivação e a energia, aumento o foco e traz abundância. E para que tenha esses benefícios é aconselhável ouvir e entoar o mantra repetidas vezes, diariamente.

Os mantras ajudam a dormir melhor

yoga-para-dormir-6-yogateria

Os mantras pelo seu poder de conexão com a natureza divina de cada um, trazem também uma profunda relação com relaxamento do corpo e da mente. Não é por acaso que ao entoar os mantras diariamente, é possível sentir que a mente fica mais leve e menos cheia de pensamentos e preocupações. Em geram, todos os mantras têm de alguma forma uma contribuição para que se atinja esse estado mental.

Estudos como o realizado pela revista Nature Human Behavior, mostram que uma noite de sono mal dormida pode aumentar em cerca de 30% os níveis de ansiedade e estresse de uma pessoa, e por outro lado, ao conseguir ter uma noite de sono com qualidade, a pessoa consegue ter uma maior equilíbrio hormonal, o que termina beneficiando não só o corpo, mas também a qualidade na mente. Portanto ter uma noite de sono relaxante, com qualidade e durante um tempo adequado é fundamental para a saúde de cada um.

O mantra OM por exemplo, que já foi citado neste artigo, é um excelente aliado para o relaxamento antes de dormir. Ele harmoniza o ambiente, relaxa a mente e produz vibrações de energia positiva. Ou apenas a atitude de ao deitar, levar para a mente pensamentos positivos, frases de amor, de autocuidado… tudo isso pode ajudar a criar essa atmosfera de relaxamento antes de dormir.

Uma coisa importante é cuidar da rotina de relaxamento e de preparação para dormir. Existem vários estudos e vários ensinamentos antigos, inclusive nos vedas, que falam sobre como alcançar uma qualidade adequada de sono capaz de revigorar o sistema do corpo e da mente. O interessante é que nessas mais variadas linhas de estudos e filosofas, todas convergem para praticamente os mesmos caminhos, que apontam passos e conselhos ideias para esse relaxamento.

Um desses passos importantes é o cuidado com o corpo. Após um dia intenso de trabalho, de agitação, de contato com milhares de informações externas, nosso corpo sente fatiga, cansaço. A maneira que ele reage à isso é através da tensão muscular, ou seja, antes de dormir, é preciso relaxar o corpo. Esse resultado pode ser obtido com um simples banho relaxante, uma massagem ou mesmo algum tipo de exercício que alongue os músculos e provoque essa redução da tensão. A prática da Yoga nesse momento pode ser um ótimo aliado.

Outro conselho é preparar o ambiente. Nosso corpo sempre reage a estímulos externos, então o uso de aparelhos eletrônicos antes de dormir é muito desaconselhável. Outro elemento que influencia na qualidade do ambiente que se dorme é a quantidade de luz. Poucas pessoas sabem que o ideal para que se tenha um descanso profundo, é que se durma em um ambiente completamente escuro, sem frestas de janela com luz externa, sem luminárias, etc. Preparar a cama, e tudo que envolve o ambiente a volta também é uma ótima ideia, inclusive alguns aromas podem ajudar nessa preparação.

Existe uma conexão grande entre os aromas que sentimos e os efeitos deles no nosso sistema. Essa relação é estudada através da aromaterapia, que indica como aromas relaxantes a lavanda e a camomila por exemplo. O simples ato de colocar 2 a 3 gotas de óleo essencial no travesseiro, ou em algum aromatizador de ambiente antes de dormir, ajuda consideravelmente para que esse ambiente fique ainda mais agradável.

Por fim, diminuir o ritmo de agitação da mente. Ao acalmar a mente, naturalmente o corpo também reage a esse processo, reduzindo ainda mais a tensão acumulada do dia. Para que se possa relaxar a mente, pode ser feita uma meditação, entoar os mantras repetidas vezes ou até mesmo fechar os olhos e levar a atenção para a respiração. A respiração é uma das ferramentas mais importantes para trazer esse estado de calma para a mente. Ao terminar a preparação, apenas deitar-se, fechar os olhos e levar a atenção para a respiração, que pode ser feita de forma mais leve e lentamente, esse simples exercício pode transformar a noite de sono em uma experiência de completa revigoração do corpo e preparação da mente para um dia com mais qualidade.