Escalda pés: um ritual milenar

Escalda pés não é apenas aquela receita gostosa da vovó usada para relaxar. Se pesquisarmos na história da humanidade, vamos encontrar registros de escalda pés sendo feitos desde a Grécia ou Roma antigas, em banheiros públicos onde eram promovidos encontros políticos e sociais. Ou seja, o escalda pés é uma técnica utilizada há milhares de anos por várias tradições e civilizações para proporcionar relaxamento e limpeza.

Mas, também temos de concordar que a vovó também tem razão. Um bom escalda pés quentinho no fim de um dia estressante ou para auxiliar no tratamento de diversas doenças, só traz benefícios para o corpo e a mente. Portanto se a mente está confusa e o corpo está cansado, na dúvida do que fazer, recorra ao velho e bom escalda pés.

 

Escalda pés: um ritual milenar 1

 

O que é o escalda pés?

 

O escalda pés é na verdade uma técnica de purificação e conexão da essência entre o corpo e a alma. A técnica do escalda pés não serve apenas para relaxamento, mas também para tratar dores nas pernas, micoses, cansaço, frieiras, problemas de circulação, calosidades, gripes, resfriados, problemas circulatórios, insônias, além do estresse cotidiano e ansiedade.

A simples técnica do escalda pés que consiste em misturar sal, água quente e ervas em uma bacia e mergulhar os pés até a altura dos tornozelos por alguns minutos, vai de encontro a conhecimentos como acupuntura e reflexologia. Essas técnicas mostram que existem diversos pontos nos pés que correspondem aos órgãos internos do organismo e se esses pontos forem estimulados com pressão ou com as agulhas, podem tratar diversos males e doenças. Partindo deste mesmo princípio, o escalda pés também podem trazer benefícios para todo o corpo. O aquecimento dos pés traz um reflexo imediato no equilíbrio energético do corpo.

 

Escalda pés: um ritual milenar 2

 

Quais os benefícios do escalda pés? Para que serve?

 

Calor nos pés traz muita vitalidade ao corpo. Manter os pés sempre aquecidos só trazem benefícios para a saúde e energia do corpo, pois preserva a sua energia.

Nos rins, por exemplo, acredita-se que guarda uma energia ancestral, a raiz da vida. Essa energia é transmitida aos filhos no momento da concepção e, ao longo da vida, essa energia vai se esvaindo até o momento de nossa morte. Segundo estudiosos, não há como repor essa energia, mas há como preservar. Os meridianos dos rins nascem nas plantas dos pés e o excesso de frio pode causar deficiência dessa energia. Essa deficiência não atinge apenas os rins, mas também a bexiga. A deficiência dessa energia também pode desencadear um desequilíbrio na emoção que está diretamente ligada à esses órgãos: o medo.

O excesso de umidade em nosso organismo pode ocasionar problemas no baço e pâncreas, ocasionando peso nas pernas, coagulação e cólicas no período menstrual. O elemento terra tem ligação com o baço e o pâncreas, que atuam na defesa e harmonia do corpo físico. O calor nos pés ajuda a equilibrar essa umidade e fortalece o elemento terra no corpo.

Outro benefício do escalda pés está na propriedade em melhorar a bioeletricidade do corpo, por conta da imersão dos pés em uma solução salina. Conforme estudos biofísicos, o corpo humano é composto de 64% de solução salina e as células dependem de atividades elétricas e magnéticas para exercerem suas atividades.

Fisicamente, os pés possuem mais de 70 mil terminações nervosas ligadas a cada um dos nossos órgãos, o que significa que um tratamento com escalda pés pode relaxar e beneficiar o tratamento de dores e lesões, não importando o local das enfermidades.

A extremidade inferior de nosso corpo é ligada à energia yin, que vem da terra e tende a ser mais fria que o restante do corpo. Já a extremidade superior do corpo é ligada ao sol e à energia yang do sol, fazendo com que a extremidade superior seja mais quente. O escalda pés proporciona uma troca fluida dessas energias realizando um fluxo dessas energias, equilibrando o corpo e proporcionando saúde e bem-estar.

 

Escalda pés: um ritual milenar 3

 

Como se faz um escalda pés?

 

Separe algumas ervas em uma bacia e acrescente sal grosso para potencializar o efeito das ervas e auxiliar o corpo a eliminar as toxinas. Depois, acrescente água quente, em temperatura agradável, o suficiente até a altura dos tornozelos. Mergulhe os pés na mistura e fique de 20 a 30 minutos, ou até que a água comece a esfriar.

Há também produtos prontos vendidos no mercado que trazem praticidade e já são fabricados com diversos intuitos. Escalda pés que trazem calma, harmonia, relaxam ou energizam o corpo.

 

escalda-pes-yogateria

 

Também podem ser utilizadas, no fundo da bacia do escalda pés, bolinhas de vidro (ou as populares bolinhas de gude) para posicionar ou friccionar os pés proporcionando massagem e um relaxamento ainda maior.

Você pode também criar um pequeno ritual de prazer e relaxamento em seu cotidiano. Experimente colocar uma música tranquila, fazer um chá, acender um incenso e ler um livro enquanto aproveita o seu escalda pés. Crie um momento para cuidar da pessoa mais importante da sua vida: você.

Para um ritual ainda mais completo, antes do escalda pés, esfolie os pés com uma mistura de sal grosso e mel. Após isso, lave os pés e mergulhe no escalda pés. Desfrute de seu momento de relaxamento e ao terminar, seque os pés com uma toalha (uma dica é deixar a tolha já próxima da bacia) e hidrate os pés. Fazer este ritual antes de dormir, garante uma noite de sono tranquila.

 

Escalda pés: um ritual milenar 4

 

Quais os tipos de escalda pés?

 

Os tipos de escalda pés podem variar conforme as propriedades das ervas utilizadas. Cada tipo de erva traz benefícios diferentes e auxiliam o corpo de uma maneira diferente.

Alguns exemplos de ervas que podem ser utilizadas em um escalda pés:

  • Ervas calmantes: camomila, erva-doce e lavanda
  • Ervas estimulantes: alecrim e hortelã
  • Ervas que limpam e renovam a energia: manjericão, arruda, guiné e sálvia

Alecrim e hortelã também são ótimos para melhorar a circulação sanguínea e diminuir inchaços.

Óleos essenciais, essências ou flores que sintam a conexão também podem ser acrescentados ao escalda pés para proporcionar uma melhor experiência sensorial ou aliar a aromaterapia e esse ritual.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *