Lúcia Guimarães – Superando perdas e lidando com desafios

Na Conversa com um Yogi de hoje, entrevistamos a Yogi Lucia Guimarães. Assista o vídeo e descubra como o Yoga pode transformar a vida do indivíduo, e a importância da espiritualidade para atravessar qualquer desafio da vida.

Alessandro: Olá, sou Alessandro da Yogateria, estamos aqui no segundo episódio da ‘Conversa com um Yogi’ com a minha amiga Lúcia do Rio de Janeiro.

Como você está?

Lúcia: Bem, graças a Deus.Tudo caminhando.

Alessandro: Estou muito feliz. Conheço a Lúcia há quatro anos. Já fiz yoga com ela. Para mim ela é um exemplo de yogi.

Sei sua história, mas queria que você contasse um pouco mais. Como aconteceu tudo isso?

Lúcia: Bem, a minha história é um pouquinho longa, mas o yoga chegou na minha vida no momento muito importante. Eu tinha passado por um momento muito difícil, muito difícil mesmo, e foi através do yoga dentro da Arte de Viver que superei.

Eu fiz um curso Sri Sri Yoga na Arte de Viver, onde eu descobri o que eu procurava há algum tempo. Porque eu tinha uma vida muito boa, trabalhava, tinha um salário maravilhoso, mas me faltava alguma coisa que eu não sabia o que era. Com essa situação que aconteceu na minha vida, esse momento difícil, que foi a ida do meu filho, a perda do meu filho mais novo, eu fui para a Arte de Viver, fiz o curso, e foi ali que eu descobri o que me faltava.

Eu vi que o que eu mais amava na vida era o yoga. Então, o yoga veio me mostrar, e me preparar. Esclarecer que você tem uma capacidade imensa dentro de você e que isso não requer idade, não requer condição física. Nada. É só você ter essa visão do quanto você é grande, e o quanto você pode.

Através do yoga você faz esse regresso, esse caminho de volta para quem você é. Essa essência Divina que você é. Até hoje eu não digo idade, pois tempo não existe, né? Mas a minha experiência de vida, vem mostrar que todos nós temos essa capacidade de fazer o yoga.

Eu incentivo demais os meus alunos e alunas, pois chegam lá pessoas com mais idade dizendo:

“eu não consigo fazer isso”. E eu sempre digo: “ Não. Faz! Você consegue, você pode, é só você respeitar o seu corpo e ter esta consciência de que o seu corpo é um templo e que você tem que cuidar dele com carinho, com atenção, com cuidado”. Para mim yoga é isso.

Atualmente eu estou passando por outra  situação difícil, mas eu digo que não são problemas, são situações que te fazem crescer. Porque se tudo fosse fácil na vida, como você iria crescer, né?

A yoga me traz esse foco, esse centramento de que eu consigo, a certeza que tudo vai dar certo e tudo vai ser resolvido.

Alessandro: Nesse momento difícil é quando a gente pode olhar para dentro. Quando tudo em volta não tiver mais sentido, olhar para dentro faz a diferença. Isso é yoga.

Lúcia: você olhar para dentro de si. Normalmente procuramos as coisas fora, e não, está é dentro de nós. A riqueza maior, né? Então, yoga é isso. Essa autodescoberta de quem você é.

Alessandro: Ótimo. A Lúcia é incrível,  a aula de yoga ela faz maravilhosamente.

Mas acho que o que você faz, é o que poucos instrutores de yoga fazem, que é como você cuida das pessoas, antes da aula e depois da aula. Se você vai fazer uma aula com a Lúcia, você vai ganhar um abraço, antes da aula e outro depois da aula. Sempre.

Então, isso para você é natural, não? Se conectar com as pessoas. Isso é uma coisa que você faz naturalmente, né?

Lúcia: Eu amo demais as pessoas. É incrível. É uma coisa assim,  eu brinco com meus alunos que ninguém sai da minha sala sem pagar o imposto, que é dar um abraço.

Tem que ter essa conexão, eu acho que as pessoas hoje em dia vivem muito separadas. Então, o abraço é a melhor coisa que existe, e você poder dar amor, quando você dá amor ao outro, você recebe, não tem como. Então, é isso. Eu falo que não existe no nosso vocabulário humano, uma palavra que possa descrever realmente o que é o yoga.

Guruji falou uma vez que é o caminho de volta, e é o caminho de volta.

Alessandro: Seu Guru é Sri Sri Ravi Shankar, né? Fundador da Arte de Viver, organização que você falou que foi por onde começou. Mestre do seu caminho no yoga, espiritual, profundo, é uma inspiração para você, né?

Lúcia: Com certeza. Se não fossem os conhecimentos dele, acho que eu já teria sucumbido há muito tempo.

Alessandro: Mas na realidade, você inspira as pessoas. Me fala um pouquinho mais da sua aula de yoga específica. A técnica, você faz mais Hatha Yoga? Sua aula é mais dinâmica, ou um pouquinho mais leve? Como você costuma se conectar com as pessoas? Ou no momento, você sabe que “Nessa turma faremos assim”. Como é a sua conexão?

Lúcia: É exatamente isso. Meu método é o Hatha Yoga, mas às vezes eu chego lá, com uma prática toda na cabeça, ali com uma aula preparada, e quando chego lá, eu mudo tudo. Porque você tem que sentir, como é que estão os seus alunos e qual é a necessidade.

Eu sinto ali na aula, a necessidade de cada um. Porque yoga não tem: Ele é jovem, ele é mais idoso, não tem.  Eu dou a aula com a minha alma, porque eu chego lá e eu sinto a turma e ali eu trabalho a minha aula.

Alessandro: Aonde você está ensinando atualmente? Suas aulas, no Rio?

Lúcia: Na Arte de Viver, na Barra da Tijuca e no Leblon. Dava aula particular, mas por enquanto não estou mais podendo, dou aula em condomínios na barra.

Alessandro: Então, quando ela puder dar aula particular, ou se você tem uma academia ou estúdio de yoga, e você quer conversar com a Lúcia, é o melhor investimento que você pode fazer,  a aula começa com dois e chega a quarenta, cinquenta pessoas, muito fácil.

Todo mundo fala que a aula é muito boa. Que bom.

Estou muito feliz porque você também está topando nosso projeto da Yogateria, eu vi que você gostou dos produtos.

Lúcia: Adorei!

Alessandro: Agora estamos sentados no tapete Mandala Rishikesh, é um tapete de PVC ecológico, mas olha como não escorrega nada.

Você já testou, né?

Estamos sentados em uma almofada maharaja azul. É linda né? Mandala… Confortável.

Lúcia: São lindas. Muito boas.

Alessandro: Acho que estes produtos são de boa qualidade. O que você acha?

Lúcia: Sim. Se eu pudesse, levava todos para casa.

Alessandro: Então, para as pessoas que estão escutando agora, você pode comprar estes produtos no site www.yogateria.com.br. Pode levar para a casa! Ou venha em nossa loja, que abrimos há pouco tempo aqui na gávea, Gávea Trade Center, loja 215.

Tem pessoas quando chegam em 50 ou 60 anos estão buscando muito mais da vida, não?

Já trabalhou, já tem filhos, a família já está feita, o trabalha não te satisfaz mais, não tem mais satisfação no trabalho, ou você já acabou e se aposentou. Nada mais faz sentido na sua vida. O que você sugere para essas pessoas?

Lúcia: Faça yoga.

A maioria das pessoas falam: Eu não consigo, porque eu sou dura. Não pense dessa forma, porque o yoga não tem limite de idade, não tem nada, é um trabalho interno.

É você fazer um trabalho interno. Tirar essas camadas que temos dentro da gente. Através dos asanas e da respiração e meditação que você faz esta limpeza, né? É um kriya, digamos assim. Então, faça yoga.

Alessandro: Yoga no sentido do estilo de vida, não só fazer uma posição, um asana, mas muito mais, não?

Lúcia: Sim. Você está praticando seu yoga, você está fazendo a prática, mas você tem que levar aquilo na sua vida. É um estilo de vida.

Alessandro: Que bom. Estou feliz de ter este episódio com você desse podcast, e temos esses vídeos no youtube: Conversa com um Yogi

Eu realmente acho você  uma yogi exemplar.

Lúcia: Não me deixe com vergonha… Eu quero só agradecer aqui, essa coisa linda!

Alessandro: Ganhei um abraço também!

Lúcia: Eu agradeço demais ao Alessandro, ele é uma pessoa de uma alma tão maravilhosa, né? A oportunidade que você me dá, de poder dar aulas no leblon, me dando esta chance nessa minha fase difícil. A tua compreensão e da Renatinha, não tenho palavras, é uma gratidão muito grande, tá?

Agradeço que esse aqui também é uma pessoa maravilhosa!

Alessandro e Lúcia: Namaste.

Jai Gurudev.