Ayurveda

O que é o Ayurveda

O Ayurveda é considerado por muitos estudiosos a ciência de cura mais antiga. Em sânscrito, Ayurveda significa “A Ciência da Vida”. O conhecimento ayurvédico se originou na Índia há mais de 5.000 anos e costuma ser chamado de “Mãe de Todas as Curas”. Foi ensinada por muitos milhares de anos em uma tradição oral entre mestres e discípulos. Parte desse conhecimento foi impresso há alguns milhares de anos, mas grande parte está inacessível ou se perdeu. Os princípios de muitos dos sistemas de cura naturais agora familiares no Ocidente têm suas raízes no Ayurveda, como por exemplo a homeopatia.

O conhecimento do Ayurveda permite compreender como criar o equilíbrio entre corpo, mente e consciência de acordo com a própria constituição individual e como fazer mudanças no estilo de vida para criar e manter esse equilíbrio. Assim como todo mundo tem uma impressão digital única, cada pessoa tem um padrão particular de energia – uma combinação individual de características físicas, mentais e emocionais – que resultam sua própria constituição.

Essa constituição é determinada no ato da sua concepção por uma série de fatores e permanece a mesma ao longo da vida. Porém, muitos elementos, internos e externos, podem causar o desequilíbrio do indivíduo, refletindo numa mudança temporária da sua própria constituição.

Os estresses emocionais e físicos, os hábitos alimentares, as estações do ano, traumas físicos, trabalho e relações familiares, são alguns dos elementos que podem contribuir para o desequilíbrio entre o corpo, a mente e a consciência. Uma vez que esses fatores são compreendidos, pode-se tomar as ações apropriadas para anular ou minimizar seus efeitos ou eliminar as causas do desequilíbrio e restabelecer a constituição original. O equilíbrio é a ordem natural; desequilíbrio é desordem. Saúde é ordem; doença é desordem. Dentro do corpo, há uma interação constante entre ordem e desordem. Quando se compreende a natureza e a estrutura da desordem, é possível restabelecer a ordem.

Ayurveda e os Doshas

yogateria-tres-doshas

O Ayurveda identifica três tipos básicos de energia ou princípios funcionais que estão presentes em tudo e todos: Vata, Pitta e Kapha. Esses princípios podem estar relacionados à biologia básica do corpo.

Como já mencionado, no Ayurveda, o corpo, a mente e a consciência trabalham juntos para manter o equilíbrio. Lidar com o equilíbrio do corpo, da mente e da consciência requer uma compreensão de como vata, pitta e kapha trabalham juntos. De acordo com o conhecimento védico, todo o universo é composto dos cinco grandes elementos – Espaço, Ar, Fogo, Água e Terra. Vata, pitta e kapha são combinações e permutações desses cinco elementos que se manifestam como padrões presentes em toda a criação. Por exemplo, no corpo físico, vata é a energia sutil do movimento, pitta a energia da digestão e do metabolismo e kapha a energia que forma a estrutura do corpo. A causa da doença no Ayurveda é vista como um excesso ou deficiência de vata, pitta ou kapha, e devido a presença de toxinas no corpo.

Dinacharya – Rotina do Ayurveda 

Uma das principais práticas para promover e manter a saúde do corpo se chama dinacharya que significa “rotina diária”. São os rituais conscientes, de limpeza que mantêm o corpo e mente livres de toxinas de toxinas.

Existem muitas maneiras de praticar dinacharya, e todas começam com uma rotina matinal estável e consistente. Uma rotina diária é absolutamente necessária para trazer mudanças radicais no corpo, mente e consciência. A rotina ajuda a estabelecer o equilíbrio na constituição. Também regulariza o relógio biológico da pessoa, auxilia na digestão, absorção e assimilação dos alimentos, gera autoestima, disciplina, paz, felicidade e longevidade.

Os três doshas, ​​vata, pitta e kapha, cada um tem seus próprios períodos de tempo dentro de um dia de vinte e quatro horas em que suas energias predominam. Ao estabelecer uma rotina que “acompanha o fluxo” dessas energias elementares, somos capazes de suportar mais facilmente os ritmos naturais e o potencial de cura do corpo. É bom acordar antes do nascer do sol, quando há qualidades amorosas (sáttvicas) na natureza que trazem paz de espírito e frescor aos sentidos. O nascer do sol varia de acordo com as estações, mas em média as pessoas vata devem se levantar por volta das 6h da manhã, as pessoas pitta às 5h30 e kapha às 4h30.

Após levantar, procure beber um ou dois copos de água morna logo de manhã. Isso irá reidratar os tecidos, liberar as toxinas que se acumularam durante a noite, acordar o agni – fogo digestivo, e estimular o peristaltismo, incentivando a eliminação de resíduos do corpo.

O Ayurveda também recomenda purificar os sentidos todos os dias, como forma de prepara-los para assimilar todas as experiências novas e ricas que a vida tem a oferecer.  Lave suavemente as orelhas e aplique uma camada fina de óleo de gergelim na parte interna da orelha com o dedo mínimo. Use um lota com solução salina para limpar as passagens nasais. Escove os dentes. Raspe a língua com um limpador de língua para remover qualquer camada. Observe sua língua todas as manhãs. Um revestimento espesso é indicativo de amas – toxinas no trato digestivo. Raspar a língua ajuda a purificar o paladar e beneficia os órgãos internos. Finalmente, gargareje com água morna ou água salgada e açafrão para ajudar a purificar e fortalecer a voz e manter as gengivas, boca e garganta saudáveis.

Após purificar os sentidos, tire um momento para cuidar do restante do corpo e da mente. Faça alguns asanas – posturas de yoga, para fortalecer o corpo e tire alguns minutos para meditar. Pois, assim como limpamos nosso corpo a cada dia, devemos também limpar nossa mente de pensamentos acumulados que não nos servem mais. 

Se você tiver ainda um pouco mais de tempo e se sua rotina permitir, antes do banho, tire alguns minutos para um automassagem.  Abhyanga – massagem com óleo, é um componente essencial da dinacharya. Esta prática nutre e fortalece o corpo, encoraja padrões regulares de sono, estimula os órgãos internos, melhora a circulação sanguínea e pode reduzir significativamente o vata. Massageie pacientemente o óleo em sua pele por cerca de 5 a 15 minutos. Comece pelas extremidades e trabalhe em direção ao meio do corpo. Use movimentos longos nos membros e movimentos circulares nas articulações. Massageie o abdômen e o peito em movimentos circulares amplos, no sentido horário. Massagear seu corpo com óleo quente é uma prática de amor-próprio.

Alimentação e Nutrição no Ayurveda  

ayurveda-yogateria-4A nutrição ayurvédica recomenda que se utilize sempre os sabores doce, salgado, amargo, ácido e adstringente numa única refeição para diminuir a quantidade da ingestão de alimentos e manter uma Dinacharya equilibrada e saudável.

A dieta ayurvédica reconhece que cada ser humano nasce com combinações únicas de doshas, ​​e que esse equilíbrio natural é o responsável pela diferença física, mental e emocional entre as pessoas. Com essa singularidade, o Ayurveda pode ajudar cada pessoa a criar seu próprio estado de saúde ideal.

Dieta ayurvédica – Vata

  • Alimentos Favoráveis

Vata é um dosha frio e seco; alimentos quentes e nutritivos com textura moderadamente pesada, mais manteiga e gordura adicionadas são bons para estabilizar vata. Escolha sabores salgados, azedos e doces, bem como alimentos calmantes e satisfatórios. Leite quente, natas, manteiga, sopas quentes, ensopados, cereais quentes, pão fresco, nozes cruas e manteigas de nozes são bons para vatas. Todas as frutas doces, desde que sejam bem maduras, são aceitáveis ​​para vata. Bebidas quentes ou água quente são melhores para vatas.

Temperos: canela, cardamomo, cominho, gengibre, cravo e alho são bons para vatas.

  • Alimentos para reduzir

Alimentos frios como saladas, bebidas geladas, vegetais crus e verduras não são bons para quem tem desequilíbrio de vata (ou seja, onde vata é dominante). Evite bebidas com muita cafeína e doces, pois eles perturbam vata. Evite frutas verdes, pois são muito adstringentes.

Dieta ayurvédica – Pitta

  • Alimentos Favoráveis

Os melhores alimentos para pittas são frios ou quentes, com texturas moderadamente pesadas – ou seja, alimentos não quentes. Os sabores amargo, doce e adstringente são ideais. Coma comida fresca e refrescante no verão ou no clima quente, como saladas. O chá de ervas, especificamente o chá de menta ou de raiz de alcaçuz, é ótimo para os pittas . Cereais frios e chá de maçã são um bom café da manhã para um pitta

  • Alimentos para reduzir

Os pittas devem usar menos manteiga e evitar pickles, creme de leite e queijo. Também é importante evitar vinagre em molhos de salada e usar suco de limão. Alimentos alcoólicos e fermentados devem ser evitados. Reduza o café. Evite alimentos oleosos, quentes, salgados e pesados, como qualquer coisa frita. 

Dieta ayurvédica – Kapha

  • Alimentos Favoráveis

Alimentos quentes, leves e secos são favoráveis, ou refeições leves cozidas. Os kaphas se dão melhor com alimentos levemente cozidos ou frutas e vegetais crus. Qualquer comida picante é boa para os kaphas, como comida mexicana ou indiana muito quente, especialmente no inverno. Os métodos de cozimento a seco (assar, grelhar, grelhar, refogar) são preferíveis para os kaphas em relação ao cozimento úmido, como cozinhar a vapor, ferver ou escaldar. Alimentos como alface, escarola ou água tônica são bons para estimular o apetite kapha.

Temperos: cominho, feno-grego, semente de gergelim e açafrão.

  • Alimentos para reduzir

Os kaphas precisam estar atentos ao consumo de muitos alimentos doces e gordurosos e também ao consumo de sal, pois isso pode levar à retenção de líquidos. Eles devem evitar alimentos fritos. Uma tendência típica do kapha é comer demais: a refeição principal deve ser no meio do dia, e apenas uma refeição leve e seca à noite. Em geral, os kaphas devem evitar açúcar, gorduras e laticínios, pular alimentos e bebidas resfriadas e usar ghee e óleos apenas em pequenas quantidades.

Os benefícios das especiarias ayurvédicas

ayurveda-e-doshas-yogateria

As misturas de especiarias indianas são chamadas de Massalas, é muito comum serem utilizadas em pratos vegetarianos e elas são capazes de equilibrar os doshas e consequentemente manter a saúde estável. As especiarias mais comuns são: Cravo, canela, cominho, noz-moscada, pimenta, cardamomo, folho de louro etc.

Confira alguns dos seus benefícios terapêuticos:

1.      Reduz a inflamação

Muitas especiarias são usadas na preparação desta bebida, comumente chamadas de massala chai, sendo a mais proeminente o gengibre. Como resultado, o chá com massalas tem fortes propriedades anti-inflamatórias. Os pesquisadores estabeleceram o impacto positivo do gengibre no corpo humano. Outro ingrediente usado é o cravo, que é amplamente utilizado como analgésico porque reduz a inflamação.

2.      Aumenta a imunidade

Tanto a canela quanto o cravo, quando usados ​​juntos, aumentam o efeito medicinal um do outro. Seu papel sinérgico cria uma linha de defesa que não permite que as infecções enfraqueçam o sistema imunológico.

3.      Contém antioxidantes

O chá preto é o ingrediente básico do chá masala e possui poderosas propriedades antioxidantes; De cheiro forte e característico, a cúrcuma, também conhecida como açafrão, possui curcumina como seu principal princípio ativo, que apresenta característica como ser antioxidante, anti-inflamatória, antiviral e antifúngica.

Tratamentos Ayurvédicos

O médico ayurvédico avalia cuidadosamente os principais sinais e sintomas da doença, especialmente em relação à origem e à causa de um desequilíbrio. Além de considerar o tratamento mais adequado para cada paciente.

O diagnóstico ocorre por meio de questionamentos sobre hábitos e estilo de vida, observação e exame físico, bem como técnicas básicas como medir o pulso, observar a língua, os olhos e a forma física; e ouvir o tom de voz são empregados durante a avaliação.

Medidas paliativas e de limpeza, quando apropriadas, podem ser usadas para ajudar a eliminar um desequilíbrio, juntamente com a sua causa. As recomendações podem incluir a implementação de mudanças no estilo de vida; iniciar e manter uma dieta sugerida; e o uso de ervas. Em alguns casos, a participação em um programa de limpeza, denominado panchakarma, é sugerido para ajudar o corpo a se livrar das toxinas acumuladas.

Panchakarma – Detox ayurvédico

Panchakarma é a desintoxicação ayurvédica do corpo e da mente. Fortalece o sistema imunológico para restaurar a saúde e o bem-estar. É um copilado de terapias altamente individualizadas com base no tipo de constituição ayurvédica (prakruti), desequilíbrios, fogo digestivo, idade, estado imunológico, condições de saúde e muitos outros fatores. Dependendo das necessidades de um indivíduo, todas ou parte das terapias são utilizadas. O panchakarma, em sua maior parte, é uma terapia confortável, mas pode haver períodos de desconforto devido à liberação poderosa de toxinas.

Um programa Panchakarma começa com a consulta inicial por um médico do ayurveda qualificado para determinar a constituição Corpo-Mente do indivíduo, as condições de saúde e grau apropriado de intensidade de desintoxicação. Com base na consulta inicial, uma, duas ou mais terapias são prescritas para o dia. Essas terapias são conduzidas usando os óleos e / ou medicamentos ayurvédicos específicos da constituição.

Os benefícios do panchakarma

  • Ajuda a restaurar o fogo metabólico –  agni
  • Elimina ama – toxinas fortalece as funções do tecido.
  • Ajuda a equilibrar os três doshas.
  • Ajuda a implementar uma dieta e um estilo de vida saudáveis.
  • Reduz o estresse, melhora o relaxamento e a tolerância.
  • Retarda o processo de envelhecimento.
  • Aumenta os níveis de imunidade do corpo.
  • Melhora a força, resistência e vitalidade.

A terapia com panchakarma é preventiva para pessoas saudáveis ​​para manter e melhorar a função celular excelente e curativa para aqueles que sofrem de doenças. É uma ciência complexa e sofisticada de purificação dos sistemas de canais do corpo e mente, portanto, é melhor supervisionada por um médico ayurvédico

Uma dieta estrita e estilo de vida devem ser seguidos ao longo das várias fases do tratamento. Isso é para trazer de volta o agni – fogo digestivo aos seus níveis normais de funcionamento. Os medicamentos ayurvédicos à base de ervas são administrados para rejuvenescer o corpo ou para tratar doenças, se houver.

Em resumo, o Ayurveda aborda todos os aspectos da vida – corpo, mente e espírito. Ele reconhece que cada um de nós é único, cada um responde de forma diferente aos muitos aspectos da vida, cada um possui diferentes pontos fortes e fracos. Através do insight, compreensão e experiência, o Ayurveda apresenta uma vasta gama de informações sobre as relações entre as causas e seus efeitos, imediatos e sutis, para cada indivíduo.